quarta-feira, 30 de junho de 2010

Sentimentos mais abstratos.


Quando me olho no espelho as vezes sinto-me estranha.
Encaro a figura pálida e tento entender seus traços e jeitos. Olho nos olhos e tento ver sentimentos escondidos, mas é frustrante. O reflexo é tão vazio que percebo que é espelho de minha alma.
Alma tão distorcida por algumas verdades desmedidas, alma tão triste por querer ver o dia em que o mundo fará sentido, quando coisas boas serão para todos e não somente para os que pagam mais. Esse jeito bobo e alienado de ver o mundo se repete em cada ano de minha vida e cada vez mais descubro um pouco desse jeito de quebra-cabeça que tenho.
Um dia contei que eu tinha um vicio. Como todo o vicio isso me destruía. E hoje, algum tempo depois em plena lucidez eu continuo afirmando, ainda sou viciada.
A cura deve andar muito longe de mim. Sou viciada em sentimentos. Tanto os bons quanto os ruins. Sempre procurando algo pra estimular, ferver, mostrar. Sempre me entregando quando alguma emoção surge tentando mante-la viva mais tempo.
Mas, agora me vem a cabeça, seria Eu viciada em sentimentos ou a vida é tão monótona que qualquer coisa me tira da linha reta e branca que venho seguindo esses anos?

Me pergunto sempre, até quando vou viver assim? Nunca satisfeita com o sentimento presente e duradouro.
Acho que na verdade, qualquer coisa que dura muito pra mim... enjoa.
Espero me curar disso, o mais rápido possível.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Odeio!

Uma coisa que eu odeio?
Essa sua mania de me dizer que liga e não ligar.







Eu fico esperando
e esperando
e esperando.



Na boa, quando não for ligar, não prometa.
mas mesmo assim
Continuo te amando, bobo.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Mesmo com todos os meus conceitos e pré-conceitos.
Mesmo com toda a minha raiva e desordem interna.
Mesmo com toda essa coisa apertada aqui dentro.
Mesmo com todas as promessas quebradas.
Mesmo com todas as esperanças deixadas de lado.
Eu ainda te amo, Pai.


Mas eu sou ser humano falho, ser orgulhoso. Não vou te desculpar nem vou correr atrás mas, não nego que hoje senti saudade. Não foi saudade de algo exato, foi só saudade. Talvez seja essa coisa de amadurecer ?

Se cuida.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

A garota boba de sempre está de volta.
Com os mesmos problemas e com aquelas coisas ainda na cabeça. As duvidas e provações dessa vida não fazem bem. Tentando tanto achar um motivo válido pra tudo, como se as coisas sempre tivessem que fazer sentido ou se encaixar.
Eu juro que tentei muito mas o buraco no meu peito é profundo e essas coisas não são tão fáceis de cobrir.
Sabe, eu não quero alguém que morra de amores por mim, acho que todo mundo só precisa de pessoas sinceras, dispostas. Pessoas que sabem o valor dos outros.
Eu não quero grandes surpresas na vida, quero coisas simples e bobas. É mais fácil lidar com sentimento leve.
Eu não quero alguém que precisa se afirmar, precisa conquistar outras pra saber que é bom.
Eu quero alguém verdadeiro, que não traia, que não pense que sou exigente demais...
Alias, no mundo de hoje, eu sou realmente exigente demais.
Com quem eu devo ficar? Com alguém que pode a qualquer momento estragar tudo ou sozinha?
Eu mudei tanto... eu me doei tanto, mas sempre quando me lembro a única coisa que eu sei é que não vale a pena...


Não existe amor mais...

Não o tipo de amor que eu quero
Do tipo que é verdadeiro, forte e pra sempre.


Cada escolha uma... pergunta.
- Será?!

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Seja Feliz, pinte o nariz!

"Eu domesticaria as estrelas e guardaria a mais brilhante pra você"

Eu sou a garota da cidade, aquela sonhadora em meio aos prédios e poluição. Hoje em dia sou a contradição dos meus sonhos, dos meus planos e dos meus gostos.
Mudei por outros e não mudaram por mim, quanto significado!
Nessas horas eu escrevo, tento colocar tudo pra fora, essa confusão aqui dentro não pode durar muito. Quando as coisas são como peças de um jogo, tentando ter algum significado maior, tentando mostrar seu valor.

Eu juro que tentei superar essas coisas bobas da minha vida,tentei de verdade te olhar da mesma forma de antes ,quando você parecia ser tudo. Eu até achava que eu não era suficiente.
Eu até pensei que não era de verdade.
Mas dai como toda historia, tem sempre o clímax!E o nosso chegou amor, chegou e derrubou tudo no chão.

Meu coração continua colado com fita adesiva, meio torto e caindo. Eu estou precisando mesmo comprar uma cola melhor, viu. Eu tentei olhar adiante e ver o futuro bom mas sempre aquelas coisas voltam e me puxam. Você disse que eu só olho os juros e a dívida fica pra sempre. Eu te digo, na verdade eu só repito o que te disse naquele longo e triste dia, não espero que você entenda como é ter o orgulho ferido. Acho que o seu orgulho é diferente do meu.
Você vai dizer de novo que eu só penso besteiras por estar sem fazer nada...Mas isso não é de hoje, isso é de sempre, isso é de mim.


Eu digo de novo, não pedi pra você ler.
Cada escolha uma renuncia.


Descobri meu defeito, curiosidade
e minha virtude, curiosidade.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Sobre algumas verdades

"O mundo é bão Sebastião, o mundo é teu Sebastião"


Estava vagando pelos cantos da minha recôndita alma quando me deparei com um querer que não se faz verdade mais.

Lembrei quando idealizava amores, fossem platônicos ou não. Não importava se era branco, amarelo ou até mesmo dourado, me era perfeito. Por alguns instantes eu vi e horrorizada percebi que não idealizo mais, ou seja, não sonho. Aceito o que vier e pra mim está tudo bem. Mas não era pra ser assim, era pra continuar imaginando meu conto de fadas preferido: como a tal da Cinderela.
Quero contar uma historinha boba agora.


"Certa vez em uma festa com minhas amigas mais leais, aquelas mais legais também (sim,ser leal não quer dizer ser legal também.-fato),sentadas na sala em meio a um tapete claro e macio, almofadas coloridas eram realmente confortáveis.A música era pra dançar mas as mulheres preferem conversar, sempre. Alguém então, em meio ao falatório paralelo, solta: "vamos falar de homens e de amor?". Sim, ela disse homens e amor sem ponto ou virgula mas um grande E no meio, como se isso fosse possível. - fato.
O silêncio correu a sala. E alguém começou a então esperada conversa.
"Eu estou à procura de um namorado...alguém conhece um homem perfeito que não seja gay?"
-Risos soltos e eu comecei.
"Sinceramente?Eu não sei por que a gente insiste em gostar deles."
Alguém me olha e rindo me julga.
"Ai, senti uma dor de cotovelo viu."
-novos risos.
Até eu ria e respondia também."Pode até ser, mas a verdade é que homem sempre vai fazer uma mulher chorar."
Elas se olharam e concordaram como um coro: "Realmente, a verdade é essa!"
Uma amiga que estava tomando suco diz sem rodeios: "Homem não sabe dar valor as mulheres."
vendo o silêncio que ela causava pela afirmação continuou.
"Se eles soubessem o que sentimos, se soubessem como somos acho que não fariam isso."
Eu comecei também
-Eu quero um amor bom, daquele que da tanta alegria que a confusão começa a ser rotineira. Não quero alguém mais pra me fazer chorar. Não existem mais homens como os de antigamente onde honra, família e fidelidade era formação de caráter.Hoje eu entendo por que as pessoas se separam tanto. O amor está perdido mesmo e eu estou tão perdida quanto ele.
Ao terminar isso foi inevitável o choro.
Uma roda se fez para acalentar. Alguns minutos depois estávamos conferindo os filmes para nossa sessão.
Um beijo amigo no rosto e a dor se foi.


Ah quem me dera ser entendida por homens como sou por elas.
Ah quem me dera ter um homem como tanto imagino.

Mas enquanto isso não é possível a alegria de pessoas especiais se faz suficiente."





segunda-feira, 14 de junho de 2010

E. & K.


I’m a satellite heart
lost in the dark
I’m spun out so far
you stop I start
But I'll be true to you no matter what you do




Falando de saudade fica aqui a minha...

Sinto sua falta
do meu lado na cama
conversando comigo enquanto tomo banho
fazendo o jantar enquanto eu brinco com os gatos
olhando moveis e pensando no Kael.



Sinto muito sua falta amor

e só faz um dia... quem dirá 15.
só posso dizer agora... meio sussurrado ao vento


volta inteiro pra mim, volta?
Ele saiu pela porta dando as costas. Ele nem sabe mas, coloquei meu coração em sua mala.






E agora?
I walk a lonely road
The only one that I have ever known
Don't know where it goes
But it's only me and I walk alone

I walk this empty street
On the Boulevard of broken dreams
Where the city sleeps
And I'm the only one and I walk alone

...
Green Day

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Algumas vezes...




A gente teima em dar sentido as coisas.
Ou nomes.

E insistimos em sentimentos que ainda não existem...


Naquele dia não era pra dizer ou esperar "Eu te amo"


Naquele dia não era pra eu apaixonar...



Dai depois que eu comecei a dar nome... a metade da graça foi embora.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Sobre garotos.

Eles estão aí na nossa vida.
Difícil dizer se estão complicando ou facilitando as coisas. A verdade é simples, somos carentes e precisamos deles mas JAMAIS vamos assumir isso.
Toda garota é orgulhosa demais pra assumir que precisa daquele garoto bobo que sempre que pode vem encher o saco.
Por falar isso todo mundo já viveu esse caso de um garoto só conseguir se aproximar ou puxando o cabelo ou falando qualquer porcaria sem sentido.
A raiva até vem na hora, fingimos, no fundo sabemos que ele é especial.
Dai um tempo depois esses garotos bobos e brincalhões tornam-se homens (mas continuam como garotos para nós) e começam a agir diferente. Chamam a atenção de outra forma agora, não precisa de contato físico e nem bobagens... apenas olhar e charme.
E garotas bobas como eu acabam se rendendo.
Algumas se apaixonam e vivem intensamente esse sentimento
Outras não se entregam e vivem a procura do príncipe encantado
E outras um pouco mais sortudas AMAM.
Paixão é como o fogo, precisa ser alimentado. Mas nenhum sentimento pode ser muito explorado...
Já o amor é terno, é tipo um tempero suave. Você só nota em pratos finos quando tudo ao redor é feito pra realçar o sabor.
Aproveitem garotas sortudas o tão comercial dia dos namorados, e eu assumo a minha fraqueza. Não vivo sem garotos.







Não vivo mesmo sem o meu garoto.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Pra ficar


Certa vez uma pessoa me disse apenas isso que foi suficiente pra continuar.E até hoje quando eu duvido das minhas escolhas eu penso nisso.
Já tinha escutado, é uma musica do Eminem, mas no momento que ele me disse foi muito mais importante.


Espero que também seja importante pra alguém.



Look, if you had one shot, one opportunity
To seize everything you ever wantedone moment
Would you capture it or just let it slip?
Lose Yourself - Eminem

terça-feira, 8 de junho de 2010

Chegando...

O famoso dia dos namorados.









o presente que todo mundo espera é quase sempre material...


esquecem que o essencial é invisível aos olhos.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Sobre bebês.

Crianças, acho que Deus acertou na receita.

Eu desejo ter filho,ou filhos, pra poder apertar quando ele sorrir pra mim sem dentes ou até mesmo quando ficar bravo.
Eu quero chegar em casa e aquela coisa rosa e pequena vir correndo gritando "mamãe" e fazer festa.
Eu quero brincar de pintar paredes, brincar de desenho, brincar de plantar,brincar na água e brincar de fazer festa surpresa pro papai.

Eu acho que toda garota em algum momento da vida pensa nessas coisas.

Eu pensei esses dias mas não são meus planos por enquanto. Só é legal imaginar.

terça-feira, 1 de junho de 2010

A gente.

Eu poderia tentar descrever o que sinto quando estamos juntos mas, a verdade é simples, eu não consigo.
Meu dia pode ser sempre ruim que quando você chega tudo fica bem e o motivo que estava até então me deixando triste se mostra ínfimo.
Posso estar com raiva mas quando você me olha daquele jeito e vem falando "Huga eu?"

você sabe que me derrete.
Eu não quero você longe.

Sabe quando você encontra AQUELA pessoa que faz seu coração disparar mesmo depois de quase 1 ano juntos?
Sabe aquela pessoa que não fica de mau humor quando você acorda com dor de ouvido as 2 da manhã e se não bastasse começa a chorar?
Sabe aquela pessoa que tem um cheiro tão doce que você se sente até embriagada?


É assim.

E sempre vai ser assim quando se está amando.


Eu amo você,mesmo sendo tão repetitivo, de uma forma que nunca amei antes.





E como eu te disse hoje, a melhor coisa de ter alguém é saber que esse alguém também tem sorte em ter você.