segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

God bless us everyone

We're a broken people

Living under loaded gun

And it can't be outfought

It can't be outdone

It can't be outmatched

It can't be outrun

(Linkin Park - The Catalyst)

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Se tudo fosse como imaginamos, um universo totalmente diferente certamente, eu teria feito algumas coisas diferentes.

Eu teria acreditado em meus amigos em vez de acreditas nas pessoas que me colocaram pra baixo. Algumas vezes a resposta certa não é tão clara e acabamos embarcando na mais segura.

Eu teria acreditado mais em mim e teria me cobrado mais. Teria perdido mais tempo com problemas reais em vez de inventar um motivo pra me sentir triste.

Eu teria usado mais xampus de morango, apenas porque eu gosto do cheiro. Deixaria toda aquela baboseira, "o que os outros pensam" , de lado.

Eu teria comido quantos sorvetes tivesse vontade, mesmo com a garganta ruim. Só vejo hoje quanto cuidado em vão eu tomei. A doença sempre chegava em mim... de uma maneira ou de outra.

Eu teria escrito mais cartas de amor e menos bilhetes tristes endereçados aos não merecedores.

Não teria dedicado tanto tempo pra consertar problemas alheios, eu realmente sofria quando via alguém triste. Sofria mais do que deveria.

Eu teria curtido todos os dias 25 de Dezembro. Acho que já perdi uns 10. Só eu me dedicava a montar a árvore, a primeira árvore da minha casa tinha uns 80cm e fui eu quem comprei. Fui a primeira a monta-la e a ultima uns 4 anos depois.

Certamente eu teria escrito mais cartas ao papai noel, teria me vestido de índia, pintado meu rosto de coelha e teria ido a 7 de Setembro.

Eu não teria dito uma mentira que me prenderia durante tanto tempo. Teria me aliviado e a ele também.

Eu teria deixado certas coisas de lado, ou não. Pois o presente no meio do furacão era tão lindo que eu esquecia de correr e me esconder.

Eu teria mudado meu jeito de falar antes de estragar alguns momentos.
Teria levado um cobertor a mais algumas vezes.

Eu teria acreditado no meu signo.

Eu teria te conquistado antes. Assim, a paranóia nunca ia chegar em mim.