sábado, 25 de julho de 2009

Animals

Nickelback


Eu, eu estou dirigindo de um modo sujo
Acabei de receber minha licença de volta
Tenho essa sensação em minhas veias que o comboio vai descarrilar
Vou perguntar educadamente se o diabo precisa de uma carona
Porque o anjo à minha direita não vai andar comigo hoje
Estou passando por sua casa enquanto você foge
Tenho a porta do carro aberta para você entrar enquanto corre
Sua mãe não sabe que você não está
Ela ficaria danada se soubesse onde a tenho beijado
Gritando

Não, nunca vamos desistir
Não há nada de errado nisso
Estamos só agindo como animais
Não, não importa onde vamos
Porque todo mundo sabe
Somos como um casal de animais

Por isso entre, querida
Entre, apenas entre
olhe o problema em que nos estamos

Você está ao meu lado no assento
Tem sua mão entre meus joelhos
E controla quão depressa vamos por quanto você quer apertar
É difícil dirigir quando você respira no meu ouvido
Mas tenho as duas mãos no volante enquanto você tem as mãos na minha engrenagem
Não há duvida que fomos para sul
Acho que nunca ninguém a ensinou a não falar de boca cheia
Agora é que foi, como uma pancada num interruptor
Foi tão bom que quase caí numa vala
Estou gritando

Não, nunca vamos desistir
Não há nada de errado nisso
Estamos só agindo como animais
Não, não importa onde vamos
Porque todo mundo sabe
Somos como um casal de animais

Por isso entre, querida
Entre, apenas entre
olhe o problema em que nos estamos

Estávamos estacionados perto dos trilhos
Sentados no banco de trás
E começamos a ficar ocupados
Quando ela sussurrou "Que foi isso?"
O vento, acho eu, porque ninguém mais sabe onde estamos
E aí ela começa gritando
"É meu pai fora do carro!"
Oh, por favor, as chaves, não estão na ignição
Devem ter caído quando mudávamos de posição
Acho que sabiam que ela não estava
Enquanto explico ao pai dela que era sua boca que estava beijando
Gritando



Nenhum comentário:

Postar um comentário